Filmes por gênero

FALAM OS SINOS (1949)

Come to the stable
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Os sinos falam (Portugal)
Les soeurs casse-cou (França)
Le due suore (Itália)
Hablan las campanas (Espanha)
...und der Himmel lacht dazu (Austria, Alemanha)
Nunnan och spelaren (Suécia)
Nonner på eventyr (Dinamarca)
Seikkailevat sisaret (Finlândia)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama
Direção: Henry Koster
Roteiro: Oscar Millard, Sally Benson
Produção: Samuel G. Engel
Música Original: Cyril J. Mockridge
Direção Musical: Lionel Newman
Fotografia: Joseph LaShelle
Edição: William Reynolds
Direção de Arte: Lyle R. Wheeler, Joseph C. Wright
Figurino: Kay Nelson
Guarda-Roupa: Charles Le Maire
Maquiagem: Ben Nye, Ernie Parks
Efeitos Sonoros: Roger Heman Sr., Bernard Freericks
Efeitos Especiais: Fred Sersen
Nota: 8.5
Filme Assistido em: 1955

Elenco

Loretta Young Irmã Margaret
Celeste Holm Irmã Scholastica
Hugh Marlowe Robert Masen
Elsa Lanchester Amelia Potts
Thomas Gomez Luigi Rossi
Dorothy Patrick Kitty
Basil Ruysdael O Bispo
Dooley Wilson Anthony James
Regis Toomey Monsenhor Talbot
Mike Mazurki Sam
Walter Baldwin Claude Jarman
Wally Brown Howard Sheldon
Gordon Gebert Willie Matthews
Eula Guy Sra. O'Connor
Louis Jean Heydt Al Newman
Tim Hundley Sr. Thompson
Tim Huntley Sr. Buzz Thompson-Cooper
Virginia Keiley Sra. Thompson-Cooper
Henri Letondal Padre Barraud
Ian MacDonald Sr. Matthews
Jean Prescott Sra. Matthews
Gary Pagett Johnnie Matthews
Pati Behrs Freira
Nan Boardman Freira
Louise Colombet Freira
Yvette Reynard Freira
Loulette Sablon Freira

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Atriz (Loretta Young)

Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante (Celeste Holm)

Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante (Elsa Lanchester)

Oscar de Melhor História para um Filme (Clare Boothe Luce)

Oscar de Melhor Fotografia em Preto e Branco (Joseph LaShelle)

Oscar de Melhor Direção de Arte - Decoração de Cenários (Lyle Wheeler, Joseph Wright, Thomas Little, Paul Fox)

Oscar de Melhor Canção Original (Alfred Newman, Mack Gordon)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme

Grêmio dos Roteiristas da América

Prêmio de Melhor Comédia Escrita Diretamente Para O Cinema (Oscar Millard, Sally Benson)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Numa noite de inverno, duas freiras francesas, as irmãs Margaret e Scolastica, chegam à pequena cidade de Bethlehem, na Nova Inglaterra, onde encontram Amelia Potts, uma pintora de quadros religiosos. Depois que as freiras anunciam que vieram construir um hospital na cidade, a irmã Margaret explica que, durante a guerra, ela era responsável por um hospital infantil na Normandia, quando se tornou um alvo potencial durante uma campanha militar. Como muitas das crianças não podiam ser evacuadas, a irmã Margaret fez um apelo pessoal a um general americano para não bombardear o hospital que os alemães estavam usando como um posto de observação. O hospital foi poupado, mas ao custo de vidas americanas, e a irmã Margaret fez uma promessa a Deus para que, em agradecimento por salvar as crianças, ela iria voltar para os Estados Unidos para construir um hospital infantil lá.

Quando a Sra. Potts se mostra intrigada pelo fato dela ter escolhido Bethlehem, a irmã Margaret responde que havia recebido um cartão postal com uma reprodução de um presépio por ela pintado, e informações sobre a área de Bethlehem. As irmãs, em seguida, decidem que uma colina local, retratada em outras pinturas da Sra. Potts, seria um bom local para o hospital. Depois que o compositor Robert Masen, vizinho da Sra. Potts, diz às irmãs que o proprietário da colina é o Sr. Luigi Rossi, de Nova York, as irmãs procuram o bispo em uma cidade próxima. Ele não tem condições de ajudá-las financeiramente em seu projeto, mas contribui com uma pequena quantia em dinheiro.

Quando elas retornam à Bethlehem, Anthony James, um criado de Masen, lhes oferece uma corrida da estação ferroviária no jeep do patrão. Como a irmã Margaret aprendeu a dirigir durante a guerra, eles emprestam o jeep para que elas possam ir à Nova York, a fim de pedirem ao Sr. Rossi a doação de suas terras na colina. Na reunião com o Sr. Rossi, as irmãs tomam conhecimento de que um filho dele foi morto em combate perto de seu hospital em Rouen. Quando elas se preparam para sair, o Sr. Rossi lhes diz que, se elas instalarem um vitral no hospital, em memória de seu filho, as terras serão delas. Mais tarde, em Bethlehem, quando Masen está ouvindo a gravação de sua última música, em companhia de uma amiga, Kitty, as irmãs chegam para agradecer-lhe pelo empréstimo do jeep. Na ocasião, ele anuncia que irá à Hollywood, por algumas semanas, a fim de participar da produção de um filme.

Mais tarde, as irmãs adquirem por US$5.000, uma opção de três meses para uso de um abrigo temporário defronte à propriedade do Sr. Rossi. No entanto, quando o bispo analisa a papelada, ele descobre que o preço de compra considera uma hipoteca de US$25.000 e informa às irmãs que vai ser obrigado a cancelar o contrato. Naquele momento, no entanto, novas onze freiras e um capelão chegam da França, e o bispo cede, permitindo-lhes permanecer durante o período da opção com o entendimento de que, se eles não conseguirem levantar o dinheiro adicional dentro desse tempo, todos deverão deixar o abrigo. Quando Masen retorna de Hollywood, com Kitty e três convidados, ele descobre que as freiras estão vendendo alguns produtos no quintal da Sra. Potts e exige que elas sejam expulsas.

Na véspera de caducar o contrato temporário, as freiras encontram-se com US$500 a menos do que o valor que necessitam. Naquela noite, depois que Kitty interpreta uma nova música de Masen para seus convidados, eles ouvem as freiras cantando um hino que reconhecem como sendo semelhante à música interpretada. Preocupado em vir a ser acusado de plágio, Masen jura que ele pensou na melodia, depois que seu batalhão desembarcou na França, quatro anos antes. Al Newman, um dos convidados e crítico de música, a identifica como sendo um antigo canto gregoriano. Na manhã seguinte, Masen visita o agente imobiliário numa tentativa de fazer com que as freiras não realizem seu projeto. A Irmã Margaret, no entanto, ao descobrir que os hóspedes de Masen estão jogando tênis, faz uma provocação ao apostar US$500 se a irmã Scolastica, jogando em parceria com Al Newman, derrotar a outra dupla. No entanto, embora a irmã Scolastica seja uma antiga  campeã de tênis, ela perde o jogo. Mais tarde, depois que a irmã Margaret comunica às demais que, infelizmente, elas vão ser obrigadas a sair, Masen descobre que a Casa Matriz delas se encontra na Normandia, perto do local onde ele esteve a serviço. Assim, quando finalmente as irmãs lhe pedem para orar por elas, ele muda de ideia e, algum tempo depois, ele, Kitty, a Sra. Potts, o Sr. Rossi e o bispo assistem à inauguração do abrigo temporário do hospital de St. Jude.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Henry Koster, a partir de um roteiro escrito por Oscar Millard e Sally Benson, “Falam os Sinos” é um ótimo filme norte-americano produzido pela Twentieth Century Fox Film Corporation em 1949. Sua trama, baseada numa história de Claire Booth Luce, procura mostrar a importância da fé e da determinação.

A direção de Koster se mostra consistentemente boa, apresentando um ótimo ritmo do início ao fim. Os diálogos são inteligentes, dentro de um roteiro muito bem estruturado. Merece ainda ser destacada a bela fotografia a cargo de Joseph LaShelle.

No elenco, Loretta Young e Celeste Holm brilham em seus respectivos papéis, seguidas pelas ótimas atuações de Elsa Lanchester e Hugh Marlowe.

CAA