Filmes por gênero

007 - OS DIAMANTES SÃO ETERNOS (1971)

Diamonds are forever
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Les diamants sont éternels (França, Canadá)
Agente 007 - Una cascata di diamanti (Itália)
Diamantes para la eternidad (Espanha)
Los diamantes son eternos (Argentina, Colômbia, México)
James Bond 007 - Diamantenfieber (Alemanha)
Diamantfeber (Suécia)
Diamanter varer evigt (Dinamarca)
Бриллианты навсегда (União Soviética)
Pais: Reino Unido
Gênero: Ação, Ficção Científica, Suspense
Direção: Guy Hamilton
Roteiro: Tom Mankiewicz, Richard Maibaum
Produção: Albert R. Broccoli, Harry Saltzman, Stanley Sopel
Design Produção: Ken Adam
Música Original: John Barry
Direção Musical: John Barry
Fotografia: Ted Moore
Edição: Bert Bates, John W. Holmes
Direção de Arte: Bill Kenney, Jack Maxsted
Guarda-Roupa: Donfeld, Elsa Fennell, Ted Tetrick
Maquiagem: Basil Newall, Allan Snyder
Efeitos Sonoros: Gordon K. McCallum, Al Overton, John W. Mitchell
Efeitos Especiais: Whitey McMahon, Les Hillman
Efeitos Visuais: Wally Veevers, Albert Whitlock
Nota: 8.2
Filme Assistido em: 1972

Elenco

Sean Connery James Bond
Jill St. John Tiffany Case
Charles Gray Ernst Stavro Blofeld
Lana Wood Plenty O'Toole
Jimmy Dean Willard Whyte
Bruce Cabot Saxby
Putter Smith Mr. Kidd
Bruce Glover Mr. Wint
Norman Burton Leiter
Joseph Fürst Dr. Metz
Bernard Lee M
Desmond Llewelyn Q
Lois Maxwell Moneypenny
Leonard Barr Shady Tree
Margaret Lacey Sra. Whistler
Joe Robinson Peter Franks
David de Keyser Médico
Laurence Naismith Sir Donald Munger
David Bauer Sr. Slumber
Marc Lawrence Empregado da Slumber Inc.
Sid Haig Empregado da Slumber Inc.
Henry Rowland Dr. Tynan
Mark Elwes Secretário de Sir Donald
George Lane Cooper Agente da SPECTRE
Ray Baker Piloto do helicóptero
Ed Bishop Klaus Hergersheimer
Roy Hollis Xerife de Las Vegas
Ed Call Maxie
Denise Perrier Marie
Shane Rimmer Tom

Prêmios

Prêmios Golden Screen, Alemanha

Prêmio Golden Screen

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhores Efeitos Sonoros (Gordon K. McCallum, John W. Mitchell, Al Overton)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

À procura de seu arqui-inimigo Ernst Stavro Blofeld, James Bond o encontra em um laboratório secreto onde um dublê dele está sendo criado através de uma cirurgia plástica. Na ocasião, ele mata o dublê e, em seguida, afoga Blofeld em uma piscina de lama superaquecida.

Ao retornar à Londres, o chefe de inteligência "M" designa Bond para descobrir quem está por trás do roubo e do armazenamento de um vasto suprimento de diamantes sul-africanos. Disfarçado de Peter Franks, Bond viaja para Amsterdã a fim de procurar a americana Tiffany Case, que era o contato de Franks naquela cidade.

Ao chegar ao apartamento dela, Tiffany desconfia que ele não seja a pessoa que ela pensa ser. Discretamente, ela analisa as impressões digitais num copo de uísque que havia oferecido ao agente e não encontra nenhum problema. Ao telefonar para “Q” a fim de agradecer-lhe pelo sucesso da impressão digital por ele criada, Bond toma conhecimento de que Franks não morrera afogado, como ele pensava.

Para evitar o contato entre o verdadeiro Franks e Tiffany, Bond fica de espreita e, quando o contrabandista chega ao elevador do prédio de Tiffany, ele o ataca. Para evitar maiores confusões, Tiffany e Bond escondem os diamantes no corpo de Franks e viajam para Los Angeles. Ao chegarem lá, Bond encontra-se com Felix Leiter da CIA. O agente e o corpo são levados até um crematório no meio do deserto de Nevada, onde o agente é quase queimado vivo por Kidd e Wind. No cemitério, outro contrabandista afirma que os diamantes que estavam no corpo de Franks eram falsos.

Mais tarde, o agente diz a Leiter para ir buscar os diamantes que se encontram com um comediante chamado Shady Tree. No entanto, Kidd e Wind chegam primeiro e o matam, embora não encontrem os diamantes. Enquanto isso, num cassino, Bond encontra Plenty O’Toole e a leva até seu quarto para tentar fazer amor, mas um cúmplice de Tiffany os esperam. Juntamente com três outros homens, o cúmplice agarra O’Toole e a lança na piscina através da janela.

Na realidade, é Tiffany que está à espera de Bond e quer convencê-lo a devolver os diamantes. Depois de fazerem amor, eles vão ao circo, onde Bond e Leiter a vigiam. Após ter sido salva de uma tentativa de assassinato no circo, Tiffany aceita trabalhar com Bond para reaver os diamantes. Disfarçado de cientista, 007 entra num laboratório do milionário.

Após um trabalho de contrabando sem sucesso, Tiffany descobre a verdadeira identidade de Bond. Após ter sido salva de uma tentativa de assassinato no circo, ela aceita trabalhar com o agente para reaver os diamantes. Disfarçado de cientista, 007 entra num laboratório do milionário Willard Whyte, onde acreditava ser o destino final dos diamantes. Ao ser descoberto, ele foge e, antes de regressar à Las Vegas, após fazer amor com Tiffany, ele descobre que Blofeld estava se fazendo passar pelo milionário. Bond o ataca e o mata, verificando que se tratava de mais um sósia do chefe da SPECTRE. Em seguida, Bond vai até a casa de Willard, onde este se encontra preso. Enquanto isso, Tiffany é capturada pelo verdadeiro Blofeld. Com a ajuda de Willard, descobre-se que os diamantes foram usados para construir um satélite lançado ao espaço e equipado com laser para destruir qualquer ponto na Terra através da emissão de altas radiações de grandes temperaturas.

Bond consegue localizar Blofeld numa plataforma petrolífera na Baía da Califórnia. Ao tentar apanhá-lo, ele descobre que Blofeld conseguira escapar em um minissubmarino. Assim, ele apanha o controlador e, acionando seus comandos, faz com que o minissubmarino colida com o centro de comunicações, interrompendo assim o iminente ataque do satélite a Washington.

No final, Bond e Tiffany relaxam num cruzeiro, em um dos navios de Whyte.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Guy Hamilton, a partir de um roteiro escrito por Tom Mankiewicz e Richard Maibaum, “007 – OS DIAMANTES SÃO ETERNOS” é um filme britânico produzido em 1971 pela Eon Productions Limited. Sua trama, baseada num livro homônimo de Ian Fleming, é marcada por muitas cenas de ação e alguns momentos bastante tensos. As filmagens ocorreram em diversas partes do mundo, dentre as quais cito o Reino Unido, os Estados Unidos, a Alemanha, Veneza, o Rio de Janeiro e a floresta amazônica.

Na direção, Hamilton realiza um bom trabalho, no que é ajudado pela bela fotografia em Panavision de Ted Moore, bem como, pelos efeitos sonoros a cargo de John W. Mitchell, Gordon K. McCallum e Al Overton. Merece igualmente registro a trilha sonora, a cargo de John Barry, onde se destaca a canção “Moonraker” interpretada por Shirley Bassey.

No elenco, destacam-se as atuações de Sean Connery e Jill St. John, seguidas pelas de Joseph Fürst, Charles Gray, Bernard Lee, Bruce Cabot.e Lana Wood, irmã mais nova de Natalie Wood.

CAA