Filmes por gênero

MUITO BARULHO POR NADA (1993)

Much ado about nothing
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Beaucoup de bruit pour rien (França, Canadá)
Molto rumore per nulla (Itália)
Mucho ruido y pocas nueces (Argentina, Espanha, México)
Viel Lärm um nichts (Alemanha)
Mycket väsen för ingenting (Suécia)
Stor ståhej for ingenting (Dinamarca)
Wiele halasu o nic (Polônia)
Много шума из ничего (Rússia)
Pais: Reino Unido, Estados Unidos
Gênero: Comédia, Drama, Romance
Direção: Kenneth Branagh
Roteiro: Kenneth Branagh
Produção: Kenneth Branagh, Stephen Evans, David Parfitt
Design Produção: Tim Harvey
Música Original: Patrick Doyle
Fotografia: Roger Lanser
Edição: Andrew Marcus
Direção de Arte: Martin Childs
Figurino: Phyllis Dalton
Guarda-Roupa: Stephanie Collie, Jane Hamilton, Naomi Critcher e outros
Efeitos Sonoros: David Crozier, Robin O'Donoghue, Andrew Sissons, Lucy Fawcett
Efeitos Visuais: Nicholas Brooks, Pete Hanson, Paddy Eason
Nota: 8.6
Filme Assistido em: 1994

Elenco

Richard Briers Leonato, Governador de Messina
Denzel Washington Príncipe Don Pedro de Aragon
Keanu Reeves Don John, príncipe bastardo irmão de Don Pedro
Emma Thompson Beatrice, sobrinha de Leonato
Kenneth Branagh Lord Benedick, de Padua, amigo de Don Pedro
Kate Beckinsale Hero, filha de Leonato
Robert Sean Leonard Claudio, Conde de Florença, amigo de Benedick
Michael Keaton Dogberry
Imelda Staunton Margaret
Phyllida Law Ursula
Gerard Horan Borachio, seguidor de Don John
Richard Clifford Conrade, seguidor de Don John
Brian Blessed Antonio, irmão de Leonato
Ben Elton Verges, companheiro de Dogberry
Jimmy Yuill Padre Friar Francis
Andy Hockley George Seacole
Chris Barnes Francis Seacole
Conrad Nelson Hugh Oatcake
Patrick Doyle Balthazar
Edward Jewesbury Sexton
Alex Lowe .

Prêmios

Círculo de Críticos de Cinema de Londres, Inglaterra

Prêmio Produtor Britânico do Ano (Kenneth Branagh)

Prêmios Sant Jordi de Barcelona

Prêmio do Público de Melhor Filme Estrangeiro (Kenneth Branagh)

Indicações

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme - Musical/Comédia

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Figurino (Phyllis Dalton)

Festival Internacional de Cannes, França

Prêmio Palma de Ouro (Kenneth Branagh)

Prêmios Independent Spirit, California, Estados Unidos

Prêmio Independent Spirit de Melhor Longa-Metragem (Kenneth Branagh, Stephen Evans, David Parfitt)

Prêmio Independent Spirit de Melhor Atriz (Emma Thompson)

Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA

Prêmio de Melhor Atriz (Emma Thompson)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Don Pedro de Aragão e os seus nobres estão visitando seu bom amigo Leonato em Messina, depois de ter esmagado uma revolta liderada por Don John, meio-irmão bastardo do príncipe. Com ele, acha-se o espirituoso Benedick, antiga paixão da sobrinha de Leonato, Beatrice, igualmente espirituosa e de língua afiada. Também estão presentes Claudio, um jovem conde, irmão de Benedick, e Don John, que, apesar de sua tentativa de rebelião, aparentemente acha-se reconciliado com seu irmão.

Claudio tem pensado com carinho na bela e adorável filha de Leonato, Hero, que ele já admirava antes de ir para a guerra. Don Pedro, sabendo dos sentimentos do seu jovem amigo, decide agir e promove um encontro durante uma festa. Os dois terminam obtendo o consentimento para se casarem.

Por outro lado, o melhor amigo de Claudio, Benedick, está apaixonado pela bela, porém venenosa Beatrice, mas não ousa reconhecer o seu amor por ela. Beatrice está na mesma situação. Os dois vivem discutindo e brigando. Claudio, Hero, Don Pedro de Aragon, entre outros, resolvem divertir-se com a situação dos apaixonados. Eles dizem para Beatrice que Benedick está apaixonado por ela, e dizem para Benedick que Beatrice está apaixonada por ele e os dois acabam virando namorados.

Tudo acontece enquanto o malvado Don John, irmão bastardo de Don Pedro, planeja beijar Margaret na frente de Claudio, para que ele achasse que fosse sua amada Hero. Claudio, quando vê a cena, realmente acha que Hero o estava traindo, e briga com ela. No final, tudo fica esclarecido e Claudio e Hero se casam, assim como Beatrice e Benedick.

imagem

Comentários

Brilhante adaptação de uma comédia de Shakespeare, escrita e dirigida pelo cineasta britânico Kenneth Branagh, “Muito Barulho por Nada” é uma ótima produção do cinema anglo-americano. Embora se trate de um clássico do brilhante poeta, dramaturgo e ator inglês, William Shakespeare, sua trama é acessível ao público de uma maneira geral.

Além do belo trabalho apresentado por Branagh, tanto no roteiro, quanto na direção e no papel de Lord Benedick, o filme nos brinda ainda com um excelente elenco, com destaque maior para a atriz britânica Emma Thompson, com a bela música de Patrick Doyle e o figurino de Phyllis Dalton.

Enfim, “Muito Barulho por Nada” é um filme imperdível para aqueles que gostam de um bom cinema.

CAA